Pular para o conteúdo principal

O RAV FALA SOBRE JESUS

RAV E JESUS


O RAV FALA SOBRE JESUS

Kabalista Rav Berg compartilhou suas visões sobre o verdadeiro Jesus há alguns anos atrás. Eu pensei que seria bom compartilhar novamente uma vez que há tanta desinformação — algumas deliberadas, algumas por ignorância — sobre este assunto.
Eu fui acusado por um rabino de ser um Missionário Cristão disfarçado de um estudante de Kabbalah por compartilhar verdades sobre Jesus que eu aprendi com o Rav e com o grande kabalista Rabbi Moisés David Valle.
De qualquer forma, aqui está o que o Rav tem a dizer.


Segue a tradução das palavras do Rav:
Billy Phillips:
Tem bastante gente de todo o mundo, América do Sul, Europa, que são Cristãos e que amam os ensinamentos de Jesus, amam Jesus, mas mesmo assim se sentem atraídos pela Kabbalah. O que podemos dizer a eles, no que diz respeito a conexão entre Jesus, Kabbalah, Zohar e Rabbi Shimon?
O Rav:
Bem, não foi somente eu que determinei isso, mas muitos sábios antes de mim determinaram que Jesus era um kabalista. Ele conhecia o Zohar de trás para frente, detalhadamente. Então, essa informação é suficiente para dizer que isso já teria produzido um Jesus, o que eu afirmo que disso se trata o Zohar: para harmonizar as pessoas.
Na verdade, se todos se tornassem como Jesus, onde estaria o ódio? Eu não apenas adivinharia, seria mais do que uma adivinhação, mas lendo claramente qual foi a mensagem de Jesus, de como ele enfatizou o amor de um pelo outro, de um homem por outro, independente de suas crenças, para tolerarmos uns aos outros, sem limitações, foi tão revolucionário para seu tempo quanto qualquer pensamento liberal nos dias de hoje. Mesmo nos dias de hoje, ele são seria tolerado.

 by  · 15 de Maio de 2014

Fonte:http://estudantesdekabbalah.com/2014/05/15/o-rav-fala-sobre-jesus/

Postagens mais visitadas deste blog

A ALMA E AS 10 SEFIROT

Árvore da Vida, mostrando os dez Sefirot.
A Alma e as Dez Sefirot Do livro “Kabbalah and Meditation for the Nations”, do Rabino Yitschak Ginsburgh – Capítulo 3 (2parte) Nós aprendemos na Cabalá que D’us criou o mundo por meio de dez sefirot — que são dez emanações da energia Divina. Estas sefirot permeiam e se manifestam dentro de cada aspecto da criação, inclusive, é claro, a alma humana, que foi criada à imagem de D’us1. Tanto a alma física quanto a alma Divina se manifestam por meio das sefirot, e ambas possuem uma estrutura completa de dez sefirot, as quais, conforma descreve a Cabalá, se dividem em três faculdades intelectuais e sete atributos emocionais/comportamentais2. As três sefirot intelectuais são sabedoria, entendimento e conhecimento, e também são chamadas de “as três primeiras [sefirot]”, ou o mochin (literalmente, “cérebro”). As setesefirot emocionais são bondade, força, beleza, vitória, reconhecimento, fundação e reinado, e também são chamadas de “as sete [sefirot] mai…

CONHECENDO A CABALA(KABBALAH) : O CÓDIGO POR TRÁS DA REALIDADE

O que é Cabala:


Kabalah é uma palavra hebraica que significa "recepção". É conhecimento espiritual judaico, que Moshê recebeu de D’us, os alunos de Moshê receberam dele, e assim sucessivamente no decorrer dos séculos. 

A Kabalah é a interpretação espiritual de toda a Torá, a compreensão do funcionamento interior das coisas, do mundo, de D’us, da alma, da Torá, e a vasta coleção de sabedoria oral e impressa que abrange e registra esse conhecimento. 

Contrário à opinião pública, a Kabalah não é magia: não envolve rituais estranhos ou eventos sobrenaturais. Também não tem nada a ver com psicologia pop. E certamente não lhe dará poderes psíquicos. 

Hoje existem a Kabalá e a Cabalá - (uso a letra "C" para destacar a diferença do Modismo frente uma Fisolofia Supra Racional transmitida de Mestre para Aluno por milhares de gerações!). 

Kabalá é um corpo de conhecimento extremamente extenso, quem conhece se cala, não divulga e busca constantemente o aprimoramento espiritual. Ela…

CABALA MÍSTICA : A ÁRVORE DA VIDA(SEPHIROT)

Cabala Mística
Com a devida autorização, passo a transcrever algumas notas extraídas de um antigo diário encontrado na biblioteca do Colégio do Espírito Santo, escrito por um Rosa+Cruz identificado como "Irmão Poimandres".

Faço-o a pedido e sem alterar qualquer passagem. Escreveu o Irmão Poimandres:
"SOBRE A ÁRVORE DA VIDA
Véus de Existência Negativa (acima da Árvore da Vida): Ain (Não) - O vazio absoluto. Ain Soph (Ilimitado) - O eterno, no mais puro sentido: se nada há, não existem limites. Ain Soph Aur (Luz Ilimitada) - O eterno movimento: quando não há limites, as coisas acontecem simplesmente porque não há motivos para não acontecerem.

Árvore da Vida:
AS DEZ ESFERAS (Sephiroth; singular: Sephirah):
Kether - coroa Chokmah - sabedoria Binah - entendimento Chesed - misericórdia Gebura - força - vontade em ação Tipheret - beleza Netzach - vitória - imaginação criadora - emoções elevadas Hod - Esplendor - mente universal Yesod - fundamento Malkuth - reino
A árvore da vida apresenta Deus so…